Translate Me!

A Aula



seus atos,
longe de mim, não me afligem
nem seu comportamento
não tenho medo de suas palavras a outrém
mesmo se passam as doses

Mas morro ao imaginar alguém se aproximar
pegar suas mãos e te conduzir
melhor que eu
ritmo...

(tão fácil de acontecer)

Pensar alguém dizer coisas
tão próximo, seu ouvido
martírio meu
incômodo

Mas não quero ser sua corrente
elos da esfera de ferro
nem a gaiola

Nem ao menos dono seu
posse obrigação,
controlar passos
ou qualquer outra coisa...
nada além da opção pessoal
voluntária
de ser de alguém...

Pois amor só o é
se livre é...

Quando há escolha
(e há de haver)
e decisão
pau la ti na...
do que será
pra sempre...

0 ponto(s) de vista sobre esse poema:

Quem sou eu

Minha foto
Marcio Pacheco
I was born in 1978, in Itauçu. A very small town in the heart of Brazil...
Visualizar meu perfil completo

Meu Perfil no Facebook

Postagens mais visitadas

Deixe seu recado...


Seguidores

Torne-se um Leitor

 

Sobre mim!

Neste blog você encontra as poesias que fui escrevendo ao longo de minha vida. A grande maioria delas tem caráter auto-biográfico, mas nem todas. A sua missão é entrar em meu mundo, que agora abre as portas para você, e descobrir quem sou eu.

Meu nome é Marcio Pacheco. Sou formado em Letras (Português/Inglês), pela UFG e bacharelando em Informática pelo IFG Inhumas GO. Também sou missionário da RCC, desde 1996 e fundador do blog de reflexão do evangelho A Boa Semente.

Se quiser, visite meu perfil no facebook, adicione o meu twitter ou, simplesmente, mande-me um email.

Deus te abençoe sempre!

Visitem, também, meu mais novo projeto, o Vocenanet.com.