Translate Me!

O Sonho - A Pesca




Não dormi nervoso
mas sonhei que estava pescando
lugar estranho pra se pescar
escuro
e perto de onde eu estava
havia peles e cabeças de onças,
muitas onças
já não passavam medo...
mortas...
derrotadas...

Nada mais podiam....

Eu, pescador de lambari
de repente vi algo intrigante
os peixes na divisa da água...
era baixar a isca e puxá-los, sem muito esforço

De repente a voz me disse
"usa os peixes pequenos como isca"
E, com cuidado, assim fiz
sem machucá-los...

E foi surpreendente quando
algo mais surpreendente ainda aconteceu
um peixe enorme veio à margem
abriu a boca
como que pedindo para ser pescado...

0 ponto(s) de vista sobre esse poema:

Quem sou eu

Minha foto
Marcio Pacheco
I was born in 1978, in Itauçu. A very small town in the heart of Brazil...
Visualizar meu perfil completo

Meu Perfil no Facebook

Postagens mais visitadas

Deixe seu recado...


Seguidores

Torne-se um Leitor

 

Sobre mim!

Neste blog você encontra as poesias que fui escrevendo ao longo de minha vida. A grande maioria delas tem caráter auto-biográfico, mas nem todas. A sua missão é entrar em meu mundo, que agora abre as portas para você, e descobrir quem sou eu.

Meu nome é Marcio Pacheco. Sou formado em Letras (Português/Inglês), pela UFG e bacharelando em Informática pelo IFG Inhumas GO. Também sou missionário da RCC, desde 1996 e fundador do blog de reflexão do evangelho A Boa Semente.

Se quiser, visite meu perfil no facebook, adicione o meu twitter ou, simplesmente, mande-me um email.

Deus te abençoe sempre!

Visitem, também, meu mais novo projeto, o Vocenanet.com.