Translate Me!

Lembranças em Mim



Algumas lembranças de criança
habitam meu interior
meu teatro de cera...

Imagens in motion
hologramas
sempre na lida de artista
minha mãe assim dizia
"faz artes!"
e eu era sempre o suspeito número um
para as coisas que não aparecia o autor...


Fico parecendo vitrola estragada
quando conto minhas memórias
e nem me sinto tão velho assim...

Gostava de dar choques nos amigos
havia o volume da tv desencapado
e as vítimas que viviam ao meu lado

Era bom passar susto no irmão caçula
esconder-me atrás do sofá
fazer voz de bicho e careta

Tão bom estudar
ganhar presentes no fim do ano
ser o primeiro por isso
incentivo
o ato que formaria o homem

Desde cedo, trabalhei
primeiro enchendo sacos de terra
beira do Meia Ponte...
cansei daquilo
um dia não mais voltei

Foi aí que começou minha saga de vendedor
vendi picolé
laranjinha
sabão de bola
carne
seguro de vida
de carro
título de capitalização
consórcio
rifa
fiz pedágio na avenida

de tudo um pouco...

0 ponto(s) de vista sobre esse poema:

Quem sou eu

Minha foto
Marcio Pacheco
I was born in 1978, in Itauçu. A very small town in the heart of Brazil...
Visualizar meu perfil completo

Meu Perfil no Facebook

Postagens mais visitadas

Deixe seu recado...


Seguidores

Torne-se um Leitor

 

Sobre mim!

Neste blog você encontra as poesias que fui escrevendo ao longo de minha vida. A grande maioria delas tem caráter auto-biográfico, mas nem todas. A sua missão é entrar em meu mundo, que agora abre as portas para você, e descobrir quem sou eu.

Meu nome é Marcio Pacheco. Sou formado em Letras (Português/Inglês), pela UFG e bacharelando em Informática pelo IFG Inhumas GO. Também sou missionário da RCC, desde 1996 e fundador do blog de reflexão do evangelho A Boa Semente.

Se quiser, visite meu perfil no facebook, adicione o meu twitter ou, simplesmente, mande-me um email.

Deus te abençoe sempre!

Visitem, também, meu mais novo projeto, o Vocenanet.com.