Translate Me!

Espera




Gosto de sentir a vida
que exala de você...

Gosto de assistir você mexer
pular
dizer que a felicidade é germinada
do cordão umbilical...

É difícil o exercício da espera
nove meses não são nove minutos
parece ser o símbolo além do infinito
do oito deitado...

Mas eu espero
o dia em que terei você em meus braços
pela primeira vez...

O dia em que seu choro irá me fazer chorar
de amor
de felicidade
de realização...

Anseio por seu olhar
anseio por seu cheiro
seu toque
seu primeiro canto
quando do ventre de sua mãe
virá alegrar o mundo inteiro...

0 ponto(s) de vista sobre esse poema:

Quem sou eu

Minha foto
Marcio Pacheco
I was born in 1978, in Itauçu. A very small town in the heart of Brazil...
Visualizar meu perfil completo

Meu Perfil no Facebook

Postagens mais visitadas

Deixe seu recado...


Seguidores

Torne-se um Leitor

 

Sobre mim!

Neste blog você encontra as poesias que fui escrevendo ao longo de minha vida. A grande maioria delas tem caráter auto-biográfico, mas nem todas. A sua missão é entrar em meu mundo, que agora abre as portas para você, e descobrir quem sou eu.

Meu nome é Marcio Pacheco. Sou formado em Letras (Português/Inglês), pela UFG e bacharelando em Informática pelo IFG Inhumas GO. Também sou missionário da RCC, desde 1996 e fundador do blog de reflexão do evangelho A Boa Semente.

Se quiser, visite meu perfil no facebook, adicione o meu twitter ou, simplesmente, mande-me um email.

Deus te abençoe sempre!

Visitem, também, meu mais novo projeto, o Vocenanet.com.